0

Identificados suspeitos de matar líder comunitário na Rocinha

30 mar 2012
14h39
atualizado às 14h48

A Polícia Civil do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta-feira que foram identificados os suspeitos da morte do líder comunitário Vanderlan Barros de Oliveira, conhecido como Feijão, na segunda-feira. Segundo informações da Divisão de Homicídios, Thiago Martins Cafieiro, o FM, 30 anos, e um homem conhecido como Vasquinho foram reconhecidos como autores dos disparos contra Oliveira. O líder era apontado pela polícia como o braço-direito do traficante Antônio Francisco Bomfim Lopes, o Nem.

Um dos suspeitos é Thiago Cafieiro, o FM
Um dos suspeitos é Thiago Cafieiro, o FM
Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Justiça expediu mandado de prisão temporária contra Thiago, o primeiro a ser identificado. Na noite de ontem, a polícia identificou Vasquinho e pediu sua prisão.

Segundo a polícia, Feijão foi assassinado com tiros nas costas próximo à sede da associação de moradores do bairro Barcelos. Ele foi preso no final do ano passado, pouco antes da ocupação da comunidade para a futura instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora. O líder comunitário foi denunciado pelo Ministério Público por associação ao tráfico, acusado de ser o responsável pelas finanças do crime organizado.

Fonte: Terra
publicidade