1 evento ao vivo

GO: casal que desmembrou três com motosserra é preso em RR

29 mai 2013
22h26
atualizado às 23h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O delegado Valdemir Pereira da Silva, da Delegacia de Investigações Criminais da Polícia Civil de Goiás, apresentou nesta quarta-feira o casal Amós Malta Pereira, 43 anos, e Silma Aparecida Pereira, 44 anos, acusados do assassinato qualificado e da ocultação dos corpos de três pessoas, no município de Guapó (a 38 quilômetros de Goiânia), em 2000. Na época, Amós e Silma faziam parte do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST). Os crimes teriam sido motivados por conflitos agrários e negociação ilegal de terrenos de assentamento. 

Veja casos de crimes cometidos com requintes de crueldade

Depois de uma denúncia anônima, o casal foi preso há uma semana em Boa Vista, em Roraima, onde Amós e Silma estavam foragidos e usavam documentos e nomes falsos. Na cidade, o casal tinha uma fazenda  e um ferro-velho. De acordo com as investigações, as vítimas - dois homens e uma mulher - foram mortos com crueldade, a tiros, e seus corpos foram esquartejados com o auxílio de uma motosserra.  As vísceras foram dadas a porcos e os pedaços desmembrados carbonizados e jogados em um rio.

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade