Polícia

publicidade
27 de julho de 2010 • 20h54

Diretor de cadeia é afastado por denúncia de espancamento na BA

A Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos da Bahia afastou nesta terça-feira o diretor da Cadeia Pública de Salvador, Everaldo de Jesus Carvalho, por 45 dias. De acordo com a promotora de Justiça Márcia Regina Virgens, uma inspeção na cadeia feita em 1° de julho constatou que diversos presos foram espancados.

Desde segunda-feira, promotores investigam se agentes públicos praticaram abuso de autoridade, tortura ou outros tipos de violência contra os detentos em junho. Já foram encaminhados 260 presos para perícia médico-legal.

Os promotores participaram de reunião segunda-feira no Tribunal de Justiça e decidiram requisitar a instauração de inquérito policial à Secretaria de Segurança Pública (SSP). Até o momento, no entanto, nenhum delegado foi designado para presidir a investigação.

Agência A Tarde