publicidade
02 de novembro de 2010 • 07h31

Chefe do tráfico nos anos 80 e 90 deixa prisão no Rio

 

Um dos principais chefões do tráfico do Rio de Janeiro nas décadas de 1980 e 1990, Romildo Souza da Costa, o Miltinho do Dendê, 53 anos, está livre. Há uma semana, o ex-traficante que dominou favelas da Ilha do Governador saiu da cadeia pela porta da frente, beneficiado pelo alvará de soltura expedido pela Vara de Execuções Penais (VEP).

Miltinho já havia ganho outro benefício, o da Visita Periódica ao Lar (VPL) e, ao contrário do que a maioria dos criminosos faz, ele voltou para a prisão depois de ver a família. Ano passado, Miltinho chegou a pedir para sair da galeria da facção Terceiro Comando Puro (TCP), ficando isolado no chamado "seguro". Semanas depois, cancelou o pedido e voltou ao convívio com os presos.

Preso em Belo Horizonte (MG), em 2007, depois de ficar cinco anos foragido, Miltinho foi o mentor de Fernando Gomes de Freitas, o Fernandinho Guarabu, e Gilberto Coelho Oliveira, o Gil, que hoje controlam o morro do Dendê. Ano passado, seu nome foi retirado de processo de homicídio. Em depoimento, Miltinho disse não ter mais contato com o tráfico.

O Dia