0

Após um dia de trégua, Santa Catarina volta a registrar ataques

10 fev 2013
09h42
atualizado às 10h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Após uma breve trégua, Santa Catarina voltou a registrar dois ataques entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo. De acordo com a Polícia Militar (PM), desde o dia 30 de janeiro foram 85 ocorrências em 27 municípios do Estado. Os mais recentes ocorreram em Tubarão e Porto União.

<p>Durante nova onda de violência, ônibus são queimados em Santa Catarina</p>
Durante nova onda de violência, ônibus são queimados em Santa Catarina
Foto: Eduardo Valente / Futura Press

Por volta das 21h50 de ontem, em Tubarão, dois homens em uma motocicleta de cor vermelha efetuaram 11 disparos contra a residência do pai de um agente penitenciário que trabalha no presídio feminino do município. O caso ocorreu na rua Alvim Mendonça, no bairro Aeroporto. Segundo a polícia, três disparos atingiram o interior da casa e os demais acertaram o muro e a fachada da propriedade.

O outro ataque, em Porto União, ocorreu por volta das 2h30 de hoje. Um ônibus que estava na garagem foi incendiado na avenida João Pessoa, esquina com a avenida dos Ferroviários. Segundo informações da PM, o veículo queimou quase totalmente. Quatro suspeitos foram detidos nas proximidades do local.

Os criminosos tinham dado trégua em Santa Catarina no início do Carnaval. Entre a noite de sexta-feira e a madrugada de sábado não haviam sido registrados ataques no Estado. Ainda na sexta, o governo estadual confirmou a transferência de pelo menos 20 detentos para presídios federais. As vagas foram oferecidas esta semana pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, durante reunião realizada com o governador Raimundo Colombo (PSD).

A decisão foi tomada a partir da avaliação das forças de segurança do Estado. Por questão de segurança não foi informada a data nem a lista dos detentos que deixarão Santa Catarina nos próximos dias.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade