3 eventos ao vivo

Após invasão e tiroteios, escolas reabrem em favela do Rio

4 nov 2009
10h48
atualizado às 17h38

Após um dia de confronto, a madrugada desta quarta-feira foi de aparente tranquilidade na comunidade da Vila Kennedy, em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, apesar da frequência de alunos ainda baixa, todas as escolas e creches funcionam normalmente na comunidade.

O policiamento no local continua reforçado, com o apoio de veículos blindados, para evitar novos conflitos na região, como os desta terça-feira e do último fim de semana, quando traficantes rivais tentaram invadir a comunidade e tomar o controle da venda de drogas da região.

Segundo o subcomandante do Batalhão de Bangu, responsável pela área, tenente-coronel Ricardo Brito, as ocupações e operações nas favelas da região vão continuar. Apesar disso, ele acredita que o grupo de invasores já tenha se dispersado, por causa da presença policial.

"Não existe mais aquela figura de um grupo armado, com uma intenção de invadir. Apesar disso, estamos considerando que ainda há o risco de invasão e, por isso, as operações e ocupações estão mantidas", disse o oficial.

Jornal do Brasil Jornal do Brasil

compartilhe

publicidade