1 evento ao vivo

Polícia bloqueia acesso de manifestantes a Mané Garrincha

15 jun 2013
13h16
atualizado às 13h19

A tropa de choque do Distrito Federal está tentando bloquear o acesso de manifestantes que protestam contra a Copa das Confederações ao estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Neste sábado, no local, o Brasil abre oficialmente o torneio, uma espécie de 'teste' para a Copa do Mundo, enfrentando o Japão, às 16h.

Segundo informa o correspondente da BBC em Brasília, João Fellet, um dos objetivos da operação policial é liberar a entrada dos torcedores que vão assistir ao jogo dentro de algumas horas.

"Por enquanto, não houve confronto, mas a situação permanece tensa", diz Fellet.

Ele acrescenta que duas das principais entradas do estádio foram fechadas pelos manifestantes.

Sem saber o que fazer, muitos torcedores permanecem aglomerados do lado de fora.

Imagens de TV mostram que a Polícia Militar usou bombas de gás, tiros de balas de borracha e spray de pimenta para dispersar o protesto.

Desde o início da manhã, grupos de manifestantes, que protestam contra o valor das obras para a Copa do Mundo, estão concentrados no entorno do estádio.

Nos últimos dias, inúmeros protestos foram realizados em cidades brasileiras. Na maioria deles, os manifestantes reivindicaram a revogação do aumento da tarifa do transporte público.

Em São Paulo, houve quebra-quebra e confronto entre manifestantes e a polícia.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
publicidade