2 eventos ao vivo

PF teria descoberto desvios de R$ 700 mi em obras públicas

6 mar 2010
06h26

A Polícia Federal teria descoberto desvios de R$ 700 milhões de reais em 303 obras públicas investigadas em 2009 pelo Serviço de Perícias de Engenharia e Meio Ambiente, segundo o jornal Folha de S.Paulo. Os desvios teriam ocorrido em obras gerenciadas pela União, pelos Estados e por municípios. O relatório obtido pelo jornal mostra que o maior número de superfaturamentos teria ocorrido no Rio de Janeiro, com R$ 148 milhões em 14 obras avaliadas. Goiás teria o segundo maior valor em irregularidades, com R$ 136 milhões em 9 obras, e São Paulo ficaria em terceiro lugar com R$ 134 mi de sobrepreço em 4 obras.

A Polícia Federal não divulgou à reportagem os nomes das pessoas físicas e jurídicas envolvidos pois os inquéritos acontecem sob segredo de justiça. Perícias em duas operações da PF, Boi Barrica e Caixa Preta (relativa ao aeroporto de Goiânia) fariam parte do estudo. Em um trecho de 105 km da ferrovia teria ocorrido um superfaturamento de R$ 55 milhões, enquanto no aeroporto de Goiânia R$ 48 mi teriam sido desviados no superfaturamento do concreto utilizado na obra e em serviços de terraplenagem jamais utilizados. A assessoria do consórcio Odebrecht/Via Engenharia,executor da obra, teria afirmado que a PF desconsiderou vários serviços aplicados em seu laudo.

Fonte: Redação Terra
publicidade