0

Rio recebe símbolos da JMJ, e Cabral evita a imprensa

10 jul 2013
21h07
atualizado às 21h17
  • separator
  • 0
  • comentários

Símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora foram entregues nesta quarta-feira à cidade do Rio de Janeiro, depois de passarem por diversas regiões do País e do Estado. Pela manhã, foram levados à prefeitura da capital paulista, e agora há pouco, passaram pelo Palácio Guanabara, sede do governo estadual. 

A Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora foram entregues nesta quarta-feira à cidade do Rio de Janeiro, depois de passarem por diversas regiões do País e do Estado
A Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora foram entregues nesta quarta-feira à cidade do Rio de Janeiro, depois de passarem por diversas regiões do País e do Estado
Foto: Carlos Magno / Divulgação

A cerimônia foi conduzida pelo arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, e contou com a presença do governador Sérgio Cabral (PMDB). Envolvido em uma polêmica acerca do uso do helicóptero do governo, Cabral evitou qualquer contato com a imprensa, que não teve acesso próximo ao evento, e sequer pôde ouvir as palavras proferidas por Dom Orani. Apenas profissionais de imagem puderam se aproximar do governador.

Reportagem da revista Veja mostrou que Cabral utiliza o aparato aéreo do Estado para transportar familiares e empregados para passeios em sua casa de veraneio, em Mangaratiba, cidade situada no litoral sul fluminense. Na última segunda-feira, em Brasília, o governador negou que faça “estripulias” com os helicópteros do governo, e ressaltou ter direito ao uso das aeronaves.

Após a cerimônia, que teve ainda a presença do vice-governador Luiz Fernando Pezão, pré-candidato do PMDB ao governo do Estado em 2014, foi realizada uma missa na capela do Palácio Guanabara. O evento religioso foi acompanhado por cerca de 100 pessoas.

Papa Francisco no Brasil
Com um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013 ocorre entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, realizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos o Papa. A última edição da JMJ ocorreu em 2011, em Madri, na Espanha, e reuniu cerca de 2 milhões de pessoas, de mais de 190 países.

O evento marca também a primeira grande visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março desde ano. O Pontífice chega ao Rio de Janeiro na tarde do dia 22 de julho, com retorno a Roma previsto para o dia 28. Sua agenda no Brasil contempla a visita à comunidade de Varginha, no complexo de Manguinhos, na zona norte do Rio, e ao Hospital São Francisco de Assis. Além disso, terá um encontro com a sociedade no Theatro Municipal, no centro da cidade, e ao Santuário de Aparecida, em São Paulo. O ponto alto fica por conta de duas grandes celebrações na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, nos dias 25 e 26.

<a data-cke-saved-href=" http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/raio-x-vaticano/iframe.htm" href=" http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/raio-x-vaticano/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade