0

Papa expressa tristeza por morte de jovem que ia à Jornada no Rio

18 jul 2013
11h34
atualizado às 12h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O papa Francisco expressou seu pesar pela morte de um jovem que estava a caminho do Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) católica em um acidente de trânsito ocorrido na Guiana Francesa, no qual outros jovens ficaram feridos, informou nesta quinta-feira o Vaticano.

<p>Francisco exprimiu seu pesar pela morte de jovem na Guiana</p>
Francisco exprimiu seu pesar pela morte de jovem na Guiana
Foto: AP

Em um telegrama enviado a Emmanuel Lafont, bispo de Caiena, divulgado nesta quinta-feira pelo Vaticano, o Papa disse que reza pelas vítimas e expressou sua proximidade e solidariedade com seus familiares.

"Ao receber a notícia do trágico acidente na estrada de Saint-Laurent du Maroni envolvendo um ônibus que transportava jovens que participariam da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, o papa Francisco compartilha com todo o seu coração o sofrimento das famílias atingidas pela morte de um de seus membros, dos responsáveis pelo grupo e dos organizadores", diz a carta, enviada em nome do papa Francisco pelo cardeal secretário de Estado, Tarcisio Bertone.

Francisco - continua a carta - "lhes oferece suas orações e expressa seu mais sentido pesar aos feridos, as equipes de resgate e a todos que os cercam, e envia uma bênção especial apostólica a todos os afetados por esse drama".

O acidente aconteceu na última quarta-feira na cidade de Kourou.

Papa Francisco no Brasil
Com um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, a Jornada Mundial da Juventude 2013 ocorre entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, realizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos o Papa. A última edição da JMJ ocorreu em 2011, em Madri, na Espanha, e reuniu cerca de 2 milhões de pessoas, de mais de 190 países.

O evento marca também a primeira grande visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março desde ano. O Pontífice chega ao Rio de Janeiro na tarde do dia 22 de julho, com retorno a Roma previsto para o dia 28. Sua agenda no Brasil contempla a visita à comunidade de Varginha, no complexo de Manguinhos, na zona norte do Rio, e ao Hospital São Francisco de Assis. Além disso, terá um encontro com a sociedade no Theatro Municipal, no centro da cidade, e ao Santuário de Aparecida, em São Paulo. O ponto alto fica por conta de duas grandes celebrações na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, nos dias 25 e 26.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade