2 eventos ao vivo

Nova rota de peregrinação da JMJ terá 9,5 km do centro a Copacabana

Prefeitura do Rio de Janeiro e Igreja apresentaram o novo plano para o fim de semana que encerra a Jornada Mundial da Juventude; vigília será na praia de Copacabana

26 jul 2013
12h25
atualizado às 13h29
  • separator
  • comentários

Após a mudança de planos pelo alagamento de Guaratiba, a prefeitura do Rio de Janeiro anunciou na manhã desta sexta-feira a nova rota de peregrinação e vigília, realocados para a praia de Copacabana. Os peregrinos partirão da Central do Brasil, no centro do Rio, e rumarão por 9,5 km até Copacabana, onde passarão a noite na vigília até a missa do papa Francisco no domingo.

Nova rota da peregrinação dos participantes da Jornada Mundial da Juventude após o cancelamento de Guaratiba
Nova rota da peregrinação dos participantes da Jornada Mundial da Juventude após o cancelamento de Guaratiba
Foto: Felipe Schroeder Franke / Terra

A peregrinação terá início às 7h de sábado e os fiéis cadastrados na JMJ pegarão o kit peregrino da vigília durante a rota da caminhada, em frente ao Monumento dos Pracinhas. O trajeto completo é: Central do Brasil, Presidente Vargas, Rio Branco, Aterro do Flamengo,  Túnel Santa Bárbara, Enseada do Botafogo, Lauro de Sodré e Copacabana.

A peregrinação implicará o fechamento do Aterro do Flamento à meia-noite de hoje para a preparação do esquema da entrega dos kits da vigília. As ruas do trajeto e próximas a ele estarão interditadas desde as 7h da manhã deste domingo. Às 12h, o bairro de Copacabana será totalmente fechado para o trânsito de carros com 24 pontos de bloqueio. 

Na praia, o Papa conduzirá uma missa às 19h que marca o início formal da vigília. A celebração de Francisco terminará às 21h, quando será a hora em que os peregrinos ou retornarão para suas casas e hoteis ou ficarão no local para a vigília. No domigo, a missa do Papa ocorre às 10h, e a previsão é que o bairro de Copacabana seja liberado às 19h, uma hora depois do fim das atividades da JMJ.

Em ambos os dias serão montados bolsões de transporte em Ipanema e na Enseada do Botafogo para escoamento do público. Sábado a montagem ocorre às 21h, e domingo às 12h.

Com interdições, fiéis devem se dirigir à Central do Brasil; 
Com a interdição de Copacabana e o fechamento das vias da peregrinação, a prefitura pede que os fiéis usem a Central do Brasil com principal meio de acesso às atividades finais da Jornada. Metrô e ônibus funcionarão em capacidade plena.

"Para aqueles que fazem a peregrinação, que o façam a partir da Central do Brasil e cheguem à praia de Copabana, num percurso de 9,5 km de peregrinação", resumiu o prefeito Eduardo Paes. Para os moradores da Zona Oeste, é sugerido o uso de trem até a estação.

Não haverá montagem do bolsão de estacionamento de ônibus na enseada do Botafogo, bem como não haverá área de estacionamento no Saara. Os ônibus fretados, impedidos de entrar em Copacabana, serão redirecionados para a Ilha do Fundão, de onde os peregrinos poderão ter acesso facilitado à Central do Brasil.

“No sábado, nós não termos a montagem do bolsão de estacionamento na enseada de Botafogo. Os ônibus não chegarão, pois os bolsões já estarão fechados. A instrução é que cheguem à Central do Brasil”, afirmou Carlos Osório, secretário de Transporte. Também é recomendado que as pessoas que necessitem ir ao aeroporto Santos Dummont saiam com maior antecedência para evitar transtornos.

Compreensão para "noites de Réveillon"
Em meio à avalanche de informações que prolongarão a alteração da rotina do Rio de Janeiro por mais dois dias, Paes pediu novamente a compreensão da população dos bairros afetados e garantiu que solicitou às autoridades pra flexibilizar as situações que envolvam residentes.

“Quero mais uma vez destacar que a gente pede à populalao a compreensão que já nessa semana teve algo que podemos comparar com noites de réveliion. Sabemos dos constrangimentos que isso gera para os moradores e vamos procurar dar o máximo de condições para que os moradores possam ter minimizados os efeitos da transferência da peregrinação e da vigília", disse o prefeito, visivelmente cansado.

Papa Francisco no Brasil
A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013 ocorre entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, realizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos com o Papa. A última edição da JMJ ocorreu em 2011, em Madri, na Espanha, e reuniu cerca de 2 milhões de pessoas, de mais de 190 países. O JMJ 2013 marca também a primeira grande visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março deste ano.

vc e o Papa
Você já conheceu o Papa Francisco no Brasil? Está na Jornada Mundial da Juventude no Rio ou esteve em Aparecida? Participe do vc repórter e envie seus relatos, fotos ou vídeos com o Papa.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade