0

Metrô orienta fiéis para saída de Copacabana após JMJ

28 jul 2013
12h55
atualizado às 16h12
  • separator
  • comentários

O Metrô não está vendendo bilhetes aos usuários na Estação Cardeal Arcoverde, em Copacabana. Apenas os que dispõem do cartão pré-pago e do cartão peregrino da Jornada Mundial da Juventude podem embarcar nos trens. Pelo microfone, os passageiros são orientados a se dirigir à Estação Botafogo, a cerca de 2 quilômetros de distância, onde há venda avulsa de bilhetes.

<p>Público estimado em 3 milhões de pessoas devem deixar as areias de Copacabana após Missa de Envio</p>
Público estimado em 3 milhões de pessoas devem deixar as areias de Copacabana após Missa de Envio
Foto: Terra TV / Reprodução

Os organizadores da JMJ estão pedindo aos fiéis para que prefiram usar os ônibus para deixar a praia de Copacabana, onde ocorreu a Missa do Envio, a última da jornada. Os ônibus saem dos terminais provisórios implantados pela prefeitura na praia de Botafogo e na praça General Osório, em Ipanema.

A exemplo do que ocorre no réveillon, os ônibus que saem de Botafogo têm como destino a Central do Brasil, de onde os fiéis podem pegar os trens da Supervia, e a estação São Cristóvão do metrô, na zona norte. Já os que partem de Ipanema servem aos fiéis que se destinam a Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá, na zona oeste.

A delegacia móvel instalada pela Polícia Civil na Praça do Lido, em Copacabana, tem uma fila de fiéis que aguardam para registrar perdas, roubos e furtos na praia. São pessoas que perderam celulares, carteiras, bolsas e mochilas na orla nos dois últimos dias da JMJ.

Filas
Desde o final da Missa de Envio, a saída de fiéis é intensa. No metrô, milhares de pessoas estão em fila, que já ocupa quase três quarteirões, aguardando para chegar à Estação Cardeal Arcoverde. Mesmo com espera, muitos peregrinos continuam animados, e cantam músicas em diferentes línguas. Na avenida Princesa Isabel, muitos caminham, em ritmo lento e sem tumulto, até Botafogo.

Ontem, o prefeito Eduardo Paes disse que não há como o sistema de transporte suportar a saída de tantas pessoas ao mesmo tempo , e pediu que as pessoas deixem a praia de Copacabana aos poucos. "Não é simples ter uma aglomeração como essa. Será o nosso quinto Réveillon em uma semana, mal comparando. Nem que tivéssemos o melhor sistema de transporte do mundo, o que não é o caso, conseguiríamos dar conta de 2,5 milhões a 3 milhões de pessoas. Não há cidade no mundo que consiga", disse o prefeito, que pediu paciência aos cariocas.

Papa Francisco no Brasil
A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013 foi realizada entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, organizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos com o Papa. Esta edição da JMJ reuniu mais de 3 milhões de pessoas, entre elas peregrinos de 175 países. A JMJ 2013 marcou também a primeira visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março deste ano. A próxima edição do evento será realizada em 2016, em Cracóvia, na Polônia.

vc e o Papa
Você já conheceu o papa Francisco no Brasil? Esteve na Jornada Mundial da Juventude no Rio ou em Aparecida? Participe do vc repórter e envie seus relatos, fotos ou vídeos com o Papa.

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade