Brasil

publicidade
13 de agosto de 2012 • 16h37 • atualizado às 17h43

Operação Ágata apreende 11,7 t de explosivos na fronteira

 

O comando da Operação Ágata, das Forças Armadas, divulgou nesta segunda-feira um novo balanço das atividades na fronteira. Em sete dias de trabalho, foram apreendidos 49 veículos e cinco embarcações. A operação confiscou 6 mil kg de drogas ilícitas, 11,7 mil kg de explosivos, 495 unidades de munição, além de R$ 40 mil em notas falsas. Dezessete pessoas foram presas.

A operação está sendo realizada em uma faixa de fronteira, de cerca de 3,9 mil km, entre os municípios de Chuí (RS) e Corumbá (MS). No total, cerca de 18,5 mil pessoas, por dia, estão envolvidas nas atividades. Em uma semana, militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, com apoio de oito ministérios e 25 agências reguladoras ou organismos federais, estaduais e municipais, realizaram 98.050 inspeções, vistorias e revistas em acampamentos, carros de passeio, motos, caminhões, ônibus, barcos e aviões.

Conforme o Ministério da Defesa, as Forças Armadas levaram para a operação aviões Super Tucano, helicópteros, radares, navios-patrulha, lanchas, blindados e armamento. O equipamento permite, por exemplo, a localização de refinarias de entorpecente e destruição de pistas clandestinas de avião.

Agência Brasil