6 eventos ao vivo

Onda de violência prossegue em Santa Catarina com ataques contra ônibus

4 fev 2013
11h52
atualizado às 11h55

Um ônibus foi incendiado em Navegantes e outro foi alvo de disparos em Itajaí entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira em uma nova onda de ataques no estado de Santa Catarina

Os crimes ocorreram mesmo com o reforço policial anunciado pelo governo estadual. Os dois ataques terminaram sem vítimas. O caso em Navegantes aumentou para 18 o número de ônibus públicos queimados nos últimos cinco dias por grupos criminosos, que também incendiaram caminhões e carros particulares e dispararam contra postos da polícia.

Desde a noite de quarta-feira passada foram registrados mais de 40 ataques deste tipo em Santa Catarina. A polícia já prendeu 20 pessoas por suposta participação nos crimes.

Esta é a segunda onda de atentados em três meses no estado: em novembro do ano passado foram registrados 60 ataques similares em sete dias.

Apesar da onda de ataques, as autoridades relataram apenas uma morte, a de um homem de 22 anos que dirigia uma motocicleta sem placa e que foi baleado pela polícia na madrugada do domingo após se negar a parar em uma blitz.

Além de reforçar a presença de policiais nas cidades mais atingidas pelos ataques, algumas linhas de ônibus tiveram a segurança reforçada.

As autoridades consideram os ataques uma resposta às ações contra grupos de traficantes e ao endurecimento do tratamento dos presos no estado.

EFE   
publicidade