inclusão de arquivo javascript

 
 

Repórter de TV é baleada no Morro Dona Marta no RJ

29 de agosto de 2005 20h06 atualizado em 30 de agosto de 2005 às 08h47

A repórter da TV Bandeirantes, Nadja Haddad, foi baleada no início da noite de ontem durante intenso tiroteio entre policiais militares e traficantes do Morro Dona Marta, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro. A jornalista foi levada para o Hospital Miguel Couto, no Leblon.

Ela estava num posto de gasolina na Rua São Clemente quando foi ferida no tórax. A repórter foi operada e transferida para o Hospital Samaritano, em Botafogo.

Um tenente da PM também foi ferido e levado para o Hospital Central da Polícia Miltar. O veículo blindado do Bope foi chamado para reforçar o efetivo na comunidade e ajudar a controlar a situação. Vários moradores ficaram impedidos de subir o morro por causa do conflito.

Hoje a polícia reforçou o patrulhamento no morro. Vários carros do Bope, do 2º BPM (Botafogo) e de outras unidades ocupam alguns acessos à favela, mas a situação é calma. Na rua São Clemente, que passa em frente à favela, e onde há vários colégios, o trânsito é intenso, mas flui normalmente.

Jornal do Brasil
Jornal do Brasil