inclusão de arquivo javascript

 
 

Revista denuncia relação do PT com as Farc

12 de março de 2005 11h38

Uma reportagem publicada na última edição da revista Veja afirma que seus repórteres tiveram acesso a documentos que denunciam a ligação entre as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) com militantes petistas. Os documentos, que estariam nos arquivos da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) em Brasília, relatam, entre outras coisas, que o grupo guerrilheiro colombiano teria feito uma doação de US$ 5 milhões para a campanha eleitoral de candidatos petistas em 2002.

Segundo a Veja, a doação da soma teria sido anunciada em uma reunião entre "esquerdistas solidários" com o representante das Farc no Brasil, o padre Olivério Medina, no dia 13 de abril de 2002, em uma chácara nos arredores de Brasília. Os dados da Abin indicam ainda que este dinheiro teria saído de Trinidad e Tobago, no Caribe, para as mãos de cerca de 300 pequenos empresários brasileiros simpáticos ao PT. Estes fariam contribuições aos comitês regionais do partido em seu nome.

A revista afirma não ter podido confirmar se o dinheiro realmente chegou aos cofres do PT. O partido, por sua vez, nega a relação com as Farc e afirma que o que podem existir são petistas com alguma relação com os guerrilheiros colombianos.
Redação Terra