inclusão de arquivo javascript

 
 

Serra é derrotado em eleição na Câmara Municipal

01 de janeiro de 2005 18h01 atualizado às 18h01

O prefeito José Serra sofreu uma derrota na eleição para o presidente da Câmara Municipal de São Paulo. Embora Roberto Tripoli, do PSDB, tenha sido eleito, o candidato apoiado pelo partido tucano era outro: o derrotado Ricardo Montoro.

Após uma sessão tumultuada, Montoro ficou com 26 votos, contra 28 de Tripoli. O vereador Carlos Giannazi (PT) lançou sua candidatura sem apoio de outros partidos e computou apenas um voto.

Tripoli foi eleito com os votos e o apoio do chamando Centrão, um grupo de partidos que se diz não aliado nem à situação nem à oposição. Criticado por seus correligionários, o vereador pode ser expulso do partido.

Agressão

A primeira sessão da Câmara Municipal de São Paulo foi bastante tumultuada. Depois de empossados, os 55 vereadores da cidade criaram um grande tumulto por causa da eleição para o presidente da casa. o vereador do PSDB Dalton Silvano chegou a trocar empurrões com Wadih Mutran, do PP.

"As pessoas estão emocionadas neste momento. No grito, com o dedo em riste, eles não vão ganhar", disse Silvano.

Tudo porque o vereador Jorge Borges, do PP, não estava presente, mas os vereadores do Centrão pressionavam pelo recomeço da sessão. O PSDB, porém, insistia para que a sessão só começasse após o aparecimento de Borges, que votaria a favor de Montoro para a presidência da Câmara.

Redação Terra