inclusão de arquivo javascript

 
 

Prefeito de Salvador assume com obras inacabadas

01 de janeiro de 2005 12h50

O novo prefeito de Salvador, João Henrique (PDT), assume seu cargo em uma solenidade a partir das 14h30 na câmara dos vereadores. Seu maior desafio para os próximos quatro anos, porém, já está traçado.

  • Confira a lista do secretariado

    Diversas obras iniciadas no mandato de Antonio Imbassahy não foram terminadas e precisarão de recursos da União e do BNDES para serem concluídas com João Henrique.

    O metrô de Salvador é a maior obra de infra-estrutura de transportes na cidade, mas está atrasada há pelo menos um ano. Para 2005, está previsto o repasse de R$ 50 milhões para o término do metrô da capital.

    A primeira etapa do metrô de Salvador terá 12 quilômetros e deverá transportar cerca de 200 mil passageiros por dia.

    A Via Portuária, que só tem 40% de seu trajeto concluído, é outro projeto inacabado que depende do sucesso da parceria entre a prefeitura e os governos estadual e federal. O serviço de construção da via está interrompido desde outubro de 2004.

  • Redação Terra