inclusão de arquivo javascript

 
 

Traficante André Capeta é assassinado no Rio

13 de agosto de 2002 07h41 atualizado às 09h05

O traficante André da Cruz Barbosa, de 22 anos, conhecido como André Capeta, morreu com um tiro na cabeça em um ponto de ônibus próximo à avenida Nossa Senhora da Penha, na Vila Cruzeiro, Rio de Janeiro, nesta madrugada. Capeta é um dos acusados de torturar e assassinar o jornalista Tim Lopes.

Conforme as informações do telejornal Bom Dia RJ, outros traficantes tentaram interná-lo em uma clínica, mas nenhuma aceitou recebê-lo. André Capeta foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, onde entrou com nome falso, mas acabou morrendo.

O cabo do Corpo de Bombeiros Luiz Gustavo Rangel Euzébio, vizinho da mãe de Capeta, foi obrigado a socorrer o traficante. José Carlos da Cruz, tio de Capeta que acompanhou o socorro, prestou depoimento na 22ª DP (Penha).

Na semana passada, os traficantes Boizinho e Cuco morreram durante um tiroteio com a Polícia na favela de Vigário Geral. Os traficantes Ratinho e Elias Maluco, líder do bando, também acusados pela morte de Tim Lopes, estão sendo procurados pela Polícia.

Nove homens da quadrilha de Elias Maluco já foram presos. A Corregedoria da Polícia investiga uma denúncia de que alguns policiais estariam protegendo Elias Maluco. Conforme a denúncia, Maluco já teria sido preso e libertado após pagamento de propina.

Redação Terra