inclusão de arquivo javascript

 
 

Anna Nery entra para o Livro dos Heróis da Pátria

03 de dezembro de 2009 11h26 atualizado às 12h38

O Diário Oficial da União desta quinta-feira publica a lei que inscreve a enfermeira brasileira Anna Justiça Ferreira Nery (Anna Nery) no Livro dos Heróis da Pátria. O livro está depositado no Panteão da Liberdade e da Democracia, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. A lei foi sancionada ontem pelo presidente em exercício, José Alencar.

O Livro dos Heróis da Pátria foi criado em novembro de 2007, por lei assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil. Nele estão registrados perpetuamente os nomes dos brasileiros e de grupos de brasileiros que tenham dado a vida pela pátria "defendendo ou construindo, com dedicação e heroísmo". A distinção é feita depois de 50 anos da morte ou da presunção de morte do homenageado.

Anna Nery nasceu em Cachoeira (BA) em 13 de dezembro de 1814 e morreu aos 66 anos, no Rio de Janeiro. Foi a pioneira brasileira da enfermagem. Era viúva e proprietária de terras e de bens, quando descobriu a vocação, depois de ver o filho e os irmãos deixarem seus lares para lutar na guerra do Paraguai.

Agência Brasil