inclusão de arquivo javascript

 
 

Rio: 3 divulgariam imagens de sexo entre mãe e filho

18 de setembro de 2008 08h13 atualizado às 12h34

Uma equipe da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), coordenada pela titular Renata Teixeira de Assis, prendeu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, três suspeitos de divulgar imagens de uma criança praticando sexo com a mãe.

» Leia mais notícias do jornal O Dia

Os suspeitos foram identificados como William Barroso Rosa, 23 anos, Rogério Rodrigues da Silva, 36 anos, e Everton Jerônimo Ferreira Pinheiro, 21 anos.

As imagens foram enviadas para perícia e a DCAV continua com as investigações para tentar localizar a criança e prender as pessoas que participavam do vídeo.

Os presos foram autuados, passaram por exames no Instituto Médico Legal (IML) e foram encaminhados para carceragem da Polinter. Durante as investigações, a polícia colheu indícios de que essas imagens estariam sendo negociadas com uma emissora de TV.

Caso sejam condenados, eles podem cumprir de três a oito anos de prisão. A delegada disse que a operação foi considerada um sucesso, pois todas as pessoas envolvidas na divulgação foram presas.

O Dia
O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.