inclusão de arquivo javascript

 
 

Grupo assalta motoristas em vias expressas no Rio

02 de maio de 2008 02h39

Bandidos são suspeitos de atacarem motoristas que passavam pelas duas principais vias expressas do Rio no fim da tarde de quinta-feira. No primeiro deles, por volta das 16h30, cinco supostos assaltantes roubaram ocupantes de pelo menos dois veículos na Linha Vermelha. Duas horas depois, um casal foi rendido por cinco homens na Linha Amarela.

» Suposto assalto deixa 1 ferido no Rio
» Leia mais notícias do jornal O Dia

A contadora Cláudia Peixoto, 37 anos, mulher do deputado Jorge Moreira Theodoro, o Dica (PMDB), foi vítima da primeira emboscada. Com uma amiga e três crianças, entre elas o filho do casal, de 9 anos, Cláudia seguia para Duque de Caxias, depois de fazer compras num shopping da Barra da Tijuca, quando foi cercada próximo à Cidade Universitária.

O suposto bando simulava estar com dois carros quebrados, entre eles um SpaceFox. "Graças a Deus, as vidas foram preservadas. Infelizmente, isso é muito comum hoje porque a gente tem pouco policiamento. Acredito que ser policial hoje é um sacerdócio. Hoje, fomos só mais uma vítima", desabafou o deputado, que foi à 21ª DP acompanhar a mulher.

Após assaltar a contadora, os homens renderam um casal, que estava com dois filhos pequenos, e roubaram um EcoSport. Eles foram levados em casa pela Polícia Militar e depois retornaram à 21ª DP, mas não quiseram falar sobre o caso.

Na Linha Amarela, outro casal foi atacado por cinco homens que ocupavam um Gol branco logo após sair de de um shopping em Del Castilho. "Levaram documentos, bolsas e até a minha jaqueta. Vi outros motoristas sendo atacados", contou uma das vítimas, que pediu para não ser identificada. Na 21ª DP, o casal, após espera uma hora, foi informado que o registro só poderia ser feito na 44ª DP.

O Dia
O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.