inclusão de arquivo javascript

 
 

Mãe: Isabella tinha amor incondicional pelo pai

06 de abril de 2008 22h27 atualizado em 11 de abril de 2008 às 15h43

Ana Carolina Oliveira dá entrevista na frente de sua casa. Foto: Ricardo Brito/Terra

Ana Carolina Oliveira dá entrevista na frente de sua casa
Foto: Ricardo Brito/Terra

A mãe da menina Isabella Nardoni, Ana Carolina Oliveira, afirmou em entrevista divulgada hoje pelo Fantástico que a filha "tinha um amor incondicional pelo pai", Alexandre Nardoni, e que "nunca deu sinal diferente sobre isso". Ele e a mulher, Anna Carolina Jatobá, foram presos na última quinta-feira por suspeita de participação na morte da criança.

» Veja a cronologia do caso Isabella
» Veja todos os vídeos do Caso Isabella
» Advogado: pai não omitiu dado sobre sangue
» Opine sobre o caso Isabella

Isabella Nardoni, 5 anos, foi encontrada ferida, no sábado, dia 29, no jardim do prédio onde moram o pai e a madrasta, Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, na zona norte de São Paulo. Segundo os Bombeiros, a menina chegou a ser socorrida e levada ao Pronto-Socorro da Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta da 0h.

A mãe de Isabella disse que a menina era "sua companheirinha". Ela afirmou que falou pela última vez por telefone com a filha na véspera de sua morte. Segundo Ana Carolina, no telefonema, a menina disse que a amava "muito, muito, muito".

Ana Carolina disse que tinha uma relação distante com Alexandre Nardoni. Quando perguntada sobre quem julgava culpado pela morte da filha, falou que "não sabe o que aconteceu aquele dia" e não apontou nomes.

A mãe de Isabella afirmou que precisa continuar e não se entregar "à tristeza, à angústia" porque "ela não gostaria que isso acontecesse".

Redação Terra