inclusão de arquivo javascript

 
 

Elias Maluco é condenado a 18 anos de prisão

11 de novembro de 2003 10h56 atualizado às 10h59

O traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, foi condenado a 18 anos de prisão, ontem, pela 23ª Vara Criminal do Rio, pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico. Em dezembro de 2002, Elias Maluco foi condenado a 13 anos de prisão, pelos mesmos crimes, no processo que envolve o cantor Marcelo Pires Vieira, o Belo.

Também foram condenados Fernando Sátiro da Silva, o Frei, Everton César dos Santos, o Nilo, e Reinaldo Amaral de Jesus, o Cabê. Frei e Cabê foram condenados a seis anos, enquanto Nilo pegou uma pena de oito anos. Flávio Reginaldo dos Santos, o Buda, inicialmente incluído na denúncia, morreu antes da sentença.

Os sentenciados cumprirão a pena em regime fechado.

Além das condenações, Maluco é réu no processo que corre no I Tribunal do Júri por formação de quadrilha, homicídio e ocultação do cadáver do jornalista Tim Lopes, além da tentativa de homicídio de cinco policiais no Complexo do Alemão, em janeiro do ano passado.

Redação Terra