inclusão de arquivo javascript

 
 

Casal desaparecido em SP é encontrado morto

11 de novembro de 2003 00h41 atualizado em 13 de novembro de 2003 às 11h40

O casal de namorados que morreu enquanto acampava. Foto: Divulgação

O casal de namorados que morreu enquanto acampava
Foto: Divulgação

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou, na madrugada de hoje, que os corpos encontrados na região de Embu-Guaçu são de Felipe Silva Caffé, 19 anos, e de Liana Friedenbach, 16. Os estudantes tinham saído para acampar escondidos dos pais em 31 de outubro.

Ontem, um menor de idade preso na região de Juquitiba, na Grande São Paulo, confessou que matou Felipe Silva Caffé, de acordo com informações do Departamento do Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). O delegado Antônio Mestre Júnior informou que o jovem deu três nomes de pessoas que teriam participado do crime. De acordo com informações da rádio CBN, José Marques disse que o menor assassino do casal de namorados tem traços de psicopata e desequilibrado. Segundo o delegado, o rapaz disse que inicialmente pensava apenas em roubar, depois Liana teria dito que sua família tinha dinheiro e ele pensou em seqüestrá-la, mas acabou decidindo matá-la.

"Agora estamos diligenciando para comprovar a co-autoria e fazer a apreensão da arma de fogo utilizada em uma das mortes", disse o delegado em entrevista ao telejornal Bom Dia Brasil. Segundo o rapaz que matou o casal, Felipe foi morto no sábado e Liana teria sido morta três dias depois. Ele não disse o motivo dos assassinatos.

A polícia informou que o corpo de Felipe foi encontrado em um penhasco de Embu-Guaçu. Ele foi morto com um tiro na nuca. Já Liana foi encontrada a aproximadamente dois quilômetros de onde estava o corpo do namorado. A adolescente morreu esfaqueada. Apesar da declaração do jovem preso, a polícia acredita, pelas condições dos corpos, que eles devem ter sido mortos há uma semana e provavelmente no mesmo dia.

O corpo de Liana está no Instituto Médico Legal (IML), à espera que a família faça o reconhecimento. O enterro deve está marcado para hoje, às 3 da tarde, no cemitério israelita do Butantã, na zona oeste da capital paulista. O corpo de Felipe foi localizado antes e já foi reconhecido pela família.

O casal Liana e Felipe deixou São Paulo em 31 de outubro e seguiu para um sítio abandonado em Embu-Guaçu. Os dois eram bolsistas do Colégio São Luís, um dos mais tradicionais de São Paulo, e namoravam há pouco mais de um mês. Liana havia dito aos pais que iria para o litoral com amigas.

O pai de Liana, estranhando a demora da filha, descobriu por meio de amigos dos adolescentes que eles tinham ido acampar no "Sitio do Lê, em Juquitiba". A barraca, as roupas e os mantimentos comprados para o fim de semana foram encontrados intactos.

Redação Terra