inclusão de arquivo javascript

 
 

PF prende 20 suspeitos de extermínio no Ceará

08 de novembro de 2007 12h03 atualizado às 12h34

A Polícia Federal desencadeou na manhã de hoje, no Ceará, a Operação Companhia do Extermínio, com o objetivo de desarticular uma quadrilha envolvida em crimes com características de grupo de extermínio e que tem agido no estado do Ceará há quatro anos. Segundo informações da Polícia Federal, até o momento já foram cumpridos 20 mandados de prisão e 26 de busca e apreensão.

» vc repórter: mande fotos e notícias

Entre os presos, dez são policiais militares e um é servidor do Fórum de Fortaleza, além do possível envolvimento de empresários e seguranças.

A operação ocorre em conjunto com o Grupo de Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público Estadual e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado.

A ação busca também provas materiais dos crimes praticados pelo grupo e a identificação de outras possíveis vítimas. Todo o material apreendido será levado para a sede da Força-Tarefa, composta pela Secretaria de Segurança Pública do Estado do Ceará, e terá o acompanhamento do Ministério Público Estadual e da Polícia Federal.

Hoje à tarde, a Polícia Federal concede entrevista coletiva para falar sobre os crimes de aluguel e os detalhes da operação.

Agência Brasil