inclusão de arquivo javascript

 
 

Morre bebê jogado em rio em Contagem

04 de outubro de 2007 22h29 atualizado às 23h46

O bebê jogado no rio Arrudas em Contagem (MG), morreu na noite desta quinta-feira. Desde quarta-feira, os medicamentos que mantinham a menina sedada foram suspensos, mas ela não respondeu a nenhum estímulo. A mãe do bebê, Elisabete Cordeiro dos Santos, 25 anos, confessou à polícia ter jogado a filha no rio e será indiciada por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

» Mãe fará exame mental
» Mãe de bebê era deprimida
» Jovem resgata recém-nascido

O bebê estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da Maternidade Municipal de Contagem. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo.

Michele, como a menina vinha sendo chamada pelos funcionários do hospital, foi resgatada no último domingo por dois rapazes que pularam na água poluída do rio Arrudas, quando ouviram uma garota gritar dizendo que havia uma boneca boiando na água.

A mãe do bebê foi submetida na tarde desta quinta a um exame de sanidade mental no IML. De acordo com o delegado Anderson Bahia, responsável pelo caso, Elisabete disse que só jogou a menina na água poluída do rio porque teria achado que a filha estivesse morta.

Ela vai responder pelo crime no Presídio Feminino Estêvão Pinto, em Belo Horizonte.

Redação Terra