inclusão de arquivo javascript

 
 

Parada Gay reúne 30 mil em Florianópolis

09 de setembro de 2007 20h17 atualizado às 20h22

Cerca de 30 mil pessoas, segundo cálculos da Polícia Militar, participaram na tarde deste domingo da Parada da Diversidade, realizada numa das principais avenidas de Florianópolis, em Santa Catarina.

» Veja mais fotos
» Mais de 250 mil vão à Parada Gay na BA
» Olimpíada gay reúne 100 atletas em SC

Os participantes realizaram protestos a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo e alertaram para problemas de discriminação contra homossexuais.

A concentração começou no início da tarde e, aos poucos, o público foi tomando conta do espaço. Milhares de pessoas acompanharam cerca de 10 trios elétricos pela avenida beira-mar norte.

A festa continuou depois com várias apresentações artísticas. Não só integrantes do movimento GLBTS, mas também famílias inteiras foram até o local para assistir a parada. "Trouxe minha mulher e filhos para assistir e aqui não existe nenhuma briga ou confusão", diz o empresário Luiz José de Freitas. "Ano passado viemos e nos divertimos bastante".

A parada encerrou a Semana da Diversidade, promovida pela Associação dos Empreendedores Gays, Bissexuais, Transsexuais e Simpatizantes de Santa Catarina (AEGBTS), que desde terça-feira realizou uma série de atividades na capital catarinense. A Casa da Diversidade, que funcionou na região central, foi palco de debates, shows, exposições e mostra de filmes sobre o tema.

Ontem, Florianópolis sediou uma Olímpíada Gay com mais de 100 atletas, que visou arrecadar alimentos para população carente. Cerca de 300 kg foram arrecadados.

Redação Terra