inclusão de arquivo javascript

 
 

Paulinho Paiakan pode ter direito a semiliberdade

12 de agosto de 2007 02h56

O cacique Paulinho Paiakan, condenado por estupro, poderá ter direito à semiliberdade. Segundo a Folha de S.Paulo, a Fundação Nacional do Índio (Funai) estuda impetrar recurso na Justiça para que a vantagem se aplique ao índio depois que alterações na lei de crimes hediondos autorizam a progressão do regime fechado.

» vc repórter: Mande fotos e relatos

Paiakan foi julgado em 1998 depois de ter sido acusado de estupro, acompanhado de tortura e tentativa de homicídio da estudante Silvia Letícia da Luz Ferreira, de 18 anos.

Redação Terra