inclusão de arquivo javascript

 
 

Veja os casos mais recentes de violência nas escolas

07 de julho de 2007 10h12 atualizado às 11h58

Nair Silva Alves, 67 anos, foi pisoteada por alunos após abrir o portão da escola, em Dracena (SP). Foto: Massaru Quinoshita/Jornal Regional//Futura Press

Nair Silva Alves, 67 anos, foi pisoteada por alunos após abrir o portão da escola, em Dracena (SP)
Foto: Massaru Quinoshita/Jornal Regional//Futura Press

Os meses de junho e julho foram marcados por atos violentos contra professores e funcionários de escolas públicas paulistas. Alunos são suspeitos de incendiar o carro de uma diretora, funcionária foi pisoteada por alunos, outra teve o cabelo queimado com um isqueiro e em São Bernardo do Campo, em uma escola municipal, uma professora perdeu parte do dedo indicador quando tentava trazer de volta para a sala de aula um aluno que se escondeu no banheiro. Veja a cronologia dos casos mais recentes.

» Conheça os casos de violência
» SP registra 217 casos de agressão
» "Tiram sarro de você", diz professor
» Opine sobre o assunto

Data: 18 de junho
Cidade: Suzano
Ocorrência: uma professora foi agredida por um aluno depois de ter colocado o mesmo para fora da sala. Houve discussão e ela ficou com um grande hematoma no olho esquerdo.

Data: 19 de junho
Cidade: Votorantim
Ocorrência: uma professora da 8ª série de uma escola estadual de Votorantim teve os dentes quebrados depois de uma discussão em sala de aula com alunos.

Data: 20 de junho
Cidade: São José do Rio Preto
Ocorrência: um aluno de 14 anos queimou o cabelo de uma professora com um isqueiro.

Data: 27 de junho
Cidade: São Bernardo do Campo
Ocorrência: professora da rede municipal de ensino teve parte do dedo decepado depois de tentar trazer de volta para a sala um aluno que havia se escondido no banheiro. O acidente aconteceu quando o aluno bateu a porta com força, acertando o dedo da educadora.

Data: 29 de junho
Cidade: Macatuba
Ocorrência: alunos do terceiro ano do ensino médio espalharam cola de secagem rápida na cadeira de uma professora. Ela teve a calça rasgada e pequenas queimaduras nas pernas.

Data: 3 de julho
Cidade: Dracena
Ocorrência: a servente Nair Silva Alves, 67 anos, foi pisoteada por alunos do ensino fundamental logo depois que abriu o portão para o acesso dos alunos à sala de aula. "Não me lembro de nada, nem consigo identificar quem foi."

Data: 3 de julho
Cidade: Piraju
Ocorrência: diretora de colégio tem carro incendiado na garagem de casa. Dias antes ela registrou boletim de ocorrência contra um dos supostos envolvidos no incêndio, aluno de sua escola."

Redação Terra