inclusão de arquivo javascript

 
 

Secretaria do Rio investiga PMs que 'atiram demais'

05 de abril de 2007 13h52 atualizado às 13h56

A Corregedoria da Polícia Militar realiza um levantamento para saber como os policiais militares utilizam as armas no Rio de Janeiro. O objetivo da pesquisa é descobrir se há excessos por parte dos agentes. O comandante geral da corporação, coronel Ubiratan Ângelo, afirmou nesta quinta-feira que o "bom policial é aquele que atira pouco".

» Opine sobre o assunto

Ubiratan se reuniu, nesta manhã, com o Secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, no quartel central da Polícia Militar (PM). Na ocasião, também foi anunciada a criação de um canal direto entre a população e a PM.

A partir do dia 12 deste mês, será disponibilizado um serviço de atendimento ao cidadão, das 10h às 16h, de segunda a sexta, dentro do quartel central. As pessoas poderão ir ao local para fazer reclamações ou sugestões. Também haverá uma unidade volante percorrendo as ruas da região metropolitana.

Redação Terra