inclusão de arquivo javascript

 
 

FAB vai investigar acidente que matou piloto em RR

04 de abril de 2007 18h48 atualizado às 20h11

Quatro aviões da FAB tiveram dificuldades por causa da chuva, um deles caiu. Foto: Cyneida Correia/Especial para Terra

Quatro aviões da FAB tiveram dificuldades por causa da chuva, um deles caiu
Foto: Cyneida Correia/Especial para Terra

O comando da Aeronáutica divulgou nota no fim da tarde desta quarta-feira lamentando o acidente que vitimou um piloto na cidade de Boa Vista (RR). Segundo o comunicado, a aeronave A-29 Super Tucano do 1º Esquadrão do 3º Grupo de Aviação fazia parte de uma esquadrilha e caiu próximo ao Aeroporto Internacional de Boa Vista. O piloto foi identificado como o 2º Tenente Aviador Fernando Wilmers de Medeiros. A Força Aérea Brasileira (FAB) informou ainda que iniciou investigação para apurar o acidente.

» Veja mais fotos
» Avião da FAB cai em Roraima e um morre
» Monomotor desaparece em área indígena
» vc repórter: Mande fotos e notícias

Ainda de acordo com o comunicado, outros três aviões efetuaram pousos de emergência em áreas próximas à cidade. Não houve feridos. As aeronaves haviam decolado de Manaus (AM) e tinham Boa Vista como destino final. "No momento do acidente, as condições meteorológicas estavam prejudicadas devido à forte chuva", disse a nota. Confira a íntegra:

"O comando da Aeronáutica lamenta informar que, nesta quarta-feira (04/04), por volta das 14h30 (horário de Brasília), ocorreu um acidente envolvendo uma aeronave A-29 Super Tucano do 1º Esquadrão do 3º Grupo de Aviação, na cidade de Boa Vista (RR). A aeronave fazia parte de uma esquadrilha e caiu próximo ao Aeroporto Internacional de Boa Vista. Um dos pilotos, o 2º Tenente Aviador Fernando Wilmers de Medeiros faleceu no acidente.

Os outros três aviões efetuaram pousos de emergência em áreas próximas à cidade de Boa Vista. Os demais tripulantes foram examinados e passam bem.

As aeronaves haviam decolado de Manaus e tinham Boa Vista como destino final. No momento do acidente, as condições meteorológicas estavam prejudicadas devido à forte chuva.

O comando da Aeronáutica iniciou investigação para apurar os fatores que contribuíram para o acidente."

Redação Terra