inclusão de arquivo javascript

 
 

Recém-nascido é enterrado vivo e sobrevive

09 de outubro de 2006 20h14 atualizado em 10 de outubro de 2006 às 02h34

Um bebê recém-nascido foi salvo na tarde desta segunda-feira por policiais em um terreno baldio em Laranjeiras do Sul, no Paraná. Ele tinha sido parcialmente enterrado cerca de 24 horas antes, possivelmente em uma toca de tatu, mas os vizinhos ouviram o choro e avisaram a polícia. A criança estava apenas com a cabeça para fora do buraco, com restos de placenta e rodeada de moscas.

» Mulher é acusada de usar bebê como arma

A mãe da criança, que mora em um bairro pobre da cidade, foi presa em seguida, localizada com a ajuda de vizinhos que informaram o fato de ela não mais apresentar a barriga de gravidez. De acordo com o delegado responsável pelo caso, ela nem prestou depoimento porque dizia coisas sem nexo e aparentava estar muito abalada.

O recém-nascido, do sexo masculino, está no hospital, pesa 2,8 quilos, tem 46 centímetros e se recupera bem.

Redação Terra