inclusão de arquivo javascript

 
 

Seis passos para ir bem na prova do Enem

03 de agosto de 2006 16h18 atualizado às 16h32

Está chegando a hora. No dia 27 de agosto, milhares de estudantes brasileiros participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Uma boa qualificação pode ajudar na hora de conseguir bolsas do ProUni ou vagas em universidades públicas.

» Saiba como fazer uma boa redação no Enem
» Baixe as provas do Enem desde 1998

Nestas últimas semanas de preparação, é bom ficar atento aos atalhos que podem fazer a diferença na hora da prova. Uma dica fundamental é ler e estar atualizado sobre os fatos que fazem parte do nosso dia-a-dia. Mais do que isso, entender esses fenômenos e ser capaz de desenvolver um raciocínio sobre eles.

Professores alertam que, apesar de ser uma prova simples, o Enem não é uma prova fácil. Antes de medir a quantidade de conhecimento, o exame mede desenvoltura diante do que já se aprendeu.

"A prova do Enem não é necessariamente uma prova fácil, muito menos uma prova de garimpagem das respostas nos próprios problemas. Da maneira como é estruturada, valoriza o aluno ao dar espaço para que ele mostre como utiliza o conhecimento que já domina", explica o professor de física Venerando Santiago de Oliveira, do Cursinho da Poli, que oferece um preparatório para a prova.

O Enem aplica um exame interdisciplinar. O professor de português Osmar Junqueira Lima explica. "O aluno deve saber enxergar os acontecimentos como um todo. É saber que a matemática está ligada com a história, a biologia com a química, e assim por diante".

Isso significa dizer que, no mundo, tudo está interligado. O Enem, ao propor questões em que podem aparecer vários assuntos, exige que o estudante saiba disso.

Para se dar bem na prova, fique atento a alguns passos para este último mês de preparação.

Fique ligado nas cinco competências
"As cinco competências listadas pelo Enem refletem a necessidade de se aprimorar a leitura e a compreensão das questões e das situações-problemas apresentadas. Elas são também, caminho para um aprendizado maior", afirma o professor Venerando Santiago de Oliveira.

Leia bastante
O primeiro passo para compreender o mundo é saber o que está acontecendo nele. A leitura é, certamente, o melhor meio para se manter atualizado. "A leitura promove a capacidade de compreender bem a proposta e o contexto de cada questão", reforça Oliveira.

Tenha tranqüilidade
Não dá pra estudar previamente para o Enem. Todo o conhecimento a ser aplicado na prova vem de um processo. Portanto, tenha tranqüilidade na hora de reconhecer as questões. "O estudante deve interpretar corretamente a pergunta, e não saber classificá-la dentro de uma disciplina", explica o professor.

Reforce sua capacidade de interpretação
A capacidade de interpretação é uma ferramenta de extrema importância para resolver as questões. Treine a sua lendo textos, avaliando gráficos, tabelas e desenhos. "O Enem trabalha com diversas linguagens. Familiarize-se com elas, reforce o que você já sabe", orienta Oliveira.

Conheça da língua portuguesa
Um dos pilares da prova do Enem é um conhecimento razoável da língua portuguesa. Portanto, leia e escreva bastante. Assim você desenvolverá suas habilidades e se sentirá mais seguro na hora de resolver as questões. Não esqueça de usar a norma culta.

Use o raciocínio lógico
Outro pilar do Enem é a matemática. Mas nada de fórmulas complexas. "O Enem prioriza o raciocínio lógico e fórmulas básicas", alerta o professor. As questões que envolvem a matemática priorizam o raciocínio lógico.

Seguindo esses seis passos, você está perto de fazer uma boa prova. É só ficar tranqüilo e transmitir o conhecimento que você já tem. É como diz o professor Venerando Santiago de Oliveira. "A questão não é saber mais, e sim saber melhor".

Redação Terra