inclusão de arquivo javascript

 
 

Morre aos 81 anos o radialista Randal Juliano

11 de julho de 2006 01h30 atualizado às 02h32

Foi enterrado nesta segunda-feira, no Cemitério São Paulo, na zona leste da capital paulista, o jornalista e radialista Randal Juliano, 81 anos. Com passagens pelas rádios Jovem Pan e USP e pelas TVs Cultura e Gazeta, além de ter sido professor de comunicação, Juliano morreu na segunda-feira, na capital paulista, de causas ainda não identificadas.

Randal Juliano começou a carreira no rádio em 1944, na antiga Panamericana (depois Jovem Pan), onde permaneceu até 1982, quando começou a trabalhar na TV Cultura. Ainda passou pela na TV Gazeta, onde estreou em 1990, e encerrou sua carreira no rádio em 1995, ao deixar a Rádio USP.

Em 1995, concluiu a faculdade de filosofia da USP e passou a se dedicar à vida acadêmica.

Redação Terra