0

Morre o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta

21 nov 2009
07h35
atualizado às 16h54

Morreu às 23h50 desta sexta-feira o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, aos 63 anos. De acordo com nota do Hospital Sírio-Libanês, Pitta morreu em decorrência de um câncer disseminado no intestino, que vinha sendo tratado desde janeiro deste ano. Pitta estava internado no hospital desde o último dia 3.

O ex-prefeito será velado na Assembleia Legislativa de São Paulo, a partir das 12h. O enterro será realizado às 17h no cemitério Getsêmani, em São Paulo.

Celso Pitta já havia feito uma cirurgia para a retirada de um tumor maligno no intestino em janeiro deste ano, sendo submetido a quimioterapia no hospital, posteriormente.

Pitta foi prefeito de São Paulo de 1997 a 2000, teve a gestão marcada por uma série de denúncias e chegou a ser afastado do cargo por 18 dias. Era afilhado político de Paulo Maluf (PP) e tentou duas vezes ser deputado federal pelo PTB, sem sucesso. Antes de entrar para a política, Pitta foi executivo de várias empresas, entre elas a Eucatex, da família Maluf.

No ano passado, foi preso pela Polícia Federal durante as investigações da Operação Satiagraha, que apurava crimes financeiros atribuidos ao banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity.

Também no ano passado, Pitta teve a prisão decretada por não ter pago a pensão alimentícia à ex-mulher, Nicea. Um habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça permitiu que o ex-prefeito cumprisse prisão domiciliar, em abril de 2009.

Fonte: Terra
publicidade