0

Ministério da Saúde fala nesta sexta sobre suspeita de ebola

Paciente com suspeito de infecção por ebola chegou ao Brasil no dia 19 de setembro, procedente da Guiné com escala em Marrocos

10 out 2014
08h49
atualizado às 17h22
  • separator
  • comentários

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, concedem nesta sexta-feira, às 10h, entrevista coletiva sobre o paciente classificado como suspeito de infecção por ebola. Com 47 anos, ele chegou ao Brasil no dia 19 de setembro, procedente da Guiné com escala em Marrocos, e deu entrada na quinta-feira na Unidade de Pronto-Atendimento Brasília, em Cascavel (PR).

<p>Ambulância com missionário de 47 anos, que veio da Guiné para o Paraná no dia 17 de setembro, chega ao Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (Fiocruz), no Rio de Janeiro (RJ), na manhã desta sexta-feira (10); é o primeiro caso de suspeita de infecção por ebola no Brasil</p>
Ambulância com missionário de 47 anos, que veio da Guiné para o Paraná no dia 17 de setembro, chega ao Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (Fiocruz), no Rio de Janeiro (RJ), na manhã desta sexta-feira (10); é o primeiro caso de suspeita de infecção por ebola no Brasil
Foto: José Lucena / Futura Press

Leia também: Saiba quais são os sintomas do ebola

Em nota divulgada na quinta-feira, o Ministério da Saúde informou que o paciente será transferido, conforme protocolo de segurança, para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro, referência nacional para casos de ebola. A transferência será feita em aeronave da Polícia Rodoviária Federal.

Na nota, o ministério acrescenta que o paciente relatou que teve febre nos dias 8 e 9. Até o início da noite de ontem, estava subfebril e não apresentava hemorragia, vômitos ou quaisquer outros sintomas. Seu estado geral é bom e ele é mantido em isolamento total. Por estar no vigésimo primeiro dia, limite máximo para o período de incubação da doença, foi considerado caso suspeito, seguindo os protocolos internacionais.

A Guiné é um dos três países que concentram o surto da doença na África. O ebola só é transmitido por meio do contato com o sangue, tecidos ou fluidos corporais de indivíduos doentes, ou pelo contato com superfícies e objetos contaminados. O vírus é transmitido quando surgem os sintomas.

Foto: Arte Terra

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade