inclusão de arquivo javascript

 
 

STF bloqueia conta da mulher de Marcos Valério

20 de julho de 2005 19h27 atualizado em 21 de julho de 2005 às 02h07

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Nelson Jobim, determinou, nesta quarta-feira, o bloqueio de uma conta de Renilda Santiago de Souza, mulher do empresário Marcos Valério de Souza, no BankBoston.

  • Valério nega tentativa de saque
  • Tudo sobre a crise no governo
  • Fórum: opine sobre a crise no governo

    Segundo o STF, Renilda havia pedido o resgate de R$ 1,89 milhão de uma aplicação financeira e pretendia sacar o dinheiro nesta quarta-feira. O banco avisou o Conselho de Controle das Atividades Financeiras (Coaf), que por sua vez informou a Procuradoria-Geral da República.

    Segundo a assessoria do STF, o procurador-geral Antonio Fernando de Souza enviou ao Supremo um ofício solicitando o bloqueio da conta, o que foi feito por Jobim.

    Mais tarde, Valério divulgou uma nota à imprensa negando que Renilda tenha estado "em qualquer agência bancária, especialmente do BankBoston, hoje (quarta-feira), para fazer saques".

    "O fato realmente ocorrido foi o envio, pelo BankBoston, há alguns dias, de uma carta aos sócios da SMP&B e suas esposas, comunicando-lhes que não mais desejaria tê-los como clientes e solicitando-lhes a transferência de suas contas para outra instituição. No entanto, Renilda não tomou qualquer providência nesse sentido, embora devesse fazê-lo", diz a nota.

    Valério é acusado de ser operador do suposto esquema de pagamento de mesadas a congressistas. O empresário já admitiu ter contraído empréstimos por meio de suas empresas que foram repassados irregularmente ao PT.

  • Reuters
    Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.