inclusão de arquivo javascript

 
 

Tornados destróem casas em Criciúma

03 de janeiro de 2005 16h33 atualizado às 16h33

Os ventos do tornado teriam chegado a cerca de 150 km/h. Foto: Climatologia São Leopoldo / Madelaine Galli/Divulgação

Os ventos do tornado teriam chegado a cerca de 150 km/h
Foto: Climatologia São Leopoldo / Madelaine Galli/Divulgação

Dois tornados atingiram nesta segunda a cidade de Criciúma, destelhando cerca de 70 casas, segundo a Defesa Civil de Santa Catarina. Os ventos de mais de 150 quilômetros por hora também deixaram a cidade sem luz por mais de uma hora. Uma senhora de 68 anos morreu de parada cardíaca ao ver uns dos tornados se aproximar de sua casa.

  • Fotos do fenômeno
  • Veja o vídeo
  • Confira a previsão do tempo para a sua cidade

    O primeiro tornado atingiu a cidade por volta das 15h30. Segundo o agrônomo Ronaldo Coutinho, do instituto Climaterra, o tornado - fenômeno meteorológico caracterizado por fortes ventos na forma de um redemoinho - teria entrado em contato com o solo por cerca de cinco minutos, ao longo de alguns quarteirões da cidade. Disse, ainda, que o tornado pode ser classificado entre a categoria F1 e F2 (de uma escala que vai até F5). O segundo tornado foi registrado cerca de uma hora depois, com a mesma intensidade.

    Avaliações iniciais da Defesa Civil indicam que cerca de 50 casas ficaram completamente destruídas. Daisi Vieira Pinto, 68 anos, morreu de parada cardíaca depois de assustar-se com o tornado. Grupos do corpo de Bombeiros e do Exército estão nos bairros do Pinheirinho e Vila Manaus, os mais afetados, ajudando no socorro às pessoas afetadas, e os desabrigados serão encaminhados ao ginásio municipal.

    A Defesa Civil de Santa Catarina, bem como instituições de observação meteorológica, como a Climatologia Urbana de São Leopoldo (RS), estão tentando tranqüilizar a população dos Estados do Sul do Brasil, dizendo que não há perigo de outros tornados atingirem a região no momento. Eles também fazem questão de reiterar que um tornado é um evento de curta duração e pequeno raio de ação, não podendo ser confundido com furacões, tufões ou ciclones extra-tropicais.

  • Redação Terra
    1. Um tornado atingiu no início da tarde de hoje a cidade de Criciúma, em Santa Catarina  Foto: Climatologia São Leopoldo / Madelaine Galli/Divulgação

      Um tornado atingiu no início da tarde de hoje a cidade de Criciúma, em Santa Catarina

      Foto: Climatologia São Leopoldo / Madelaine Galli/Divulgação

    2. O fenômeno meteorológico -caracterizado por fortes ventos na forma de um redemoinho - teria entrado em contato com o solo por cerca de cinco minutos, ao longo de alguns quarteirões da cidade, no bairro de Mineira Nova  Foto: Climatologia São Leopoldo / Madelaine Galli/Divulgação

      O fenômeno meteorológico -caracterizado por fortes ventos na forma de um redemoinho - teria entrado em contato com o solo por cerca de cinco minutos, ao longo de alguns quarteirões da cidade, no bairro de Mineira Nova

      Foto: Climatologia São Leopoldo / Madelaine Galli/Divulgação

    3. A prefeitura informou que cerca de 30 casas foram totalmente destruídas  Foto: Climatologia São Leopoldo / Madelaine Galli/Divulgação

      A prefeitura informou que cerca de 30 casas foram totalmente destruídas

      Foto: Climatologia São Leopoldo / Madelaine Galli/Divulgação

    4. Tornado levanta poeira ao tocar o chão.  Foto: Unesc/Divulgação

      Tornado levanta poeira ao tocar o chão.

      Foto: Unesc/Divulgação

    /brasil/foto/0,,00.html