inclusão de arquivo javascript

 
 

Gibi da Mônica faz 40 anos; veja melhores momentos da turma

12 de maio de 2010 12h37

Capa da primeira edição de 'Mônica', publicada em maio de 1970. Foto: Reprodução

Capa da primeira edição de 'Mônica', publicada em maio de 1970
Foto: Reprodução

Em maio de 1970, quando o primeiro gibi da Turma da Mônica foi lançado, Maurício de Sousa ainda desenhava, a próprio punho, seus personagens, ao mesmo tempo em que se dividia sabe-se lá em quantas partes para concluir as tirinhas da Folhinha de S. Paulo, suplemento criado por ele e Lenita Miranda de Figueiredo que ainda sobreviveria por muito tempo nas páginas do jornal brasileiro.

Quarenta anos depois, a arretada gordinha, baixinha e dentuça governa, praticamente sozinha, o mercado editorial de quadrinhos no Brasil - mesmo tendo sido criada muito antes. Suas revistas - unidas às de seus amiguinhos, que aos poucos foram ganhando títulos próprios - já venderam mais de 1 bilhão de exemplares no Brasil e no mundo.

Tamanho sucesso não é para qualquer um. Como poucos souberam fazer, Maurício de Sousa, conseguiu adaptar suas histórias aos tempos atuais. Não poupou em fazer trabalho social ao mostrar personagens incomuns em quadrinhos infantis - um mudo, uma deficiente visual, um cadeirante, entre outros.

Como todo projeto que alcança as massas, já recebeu muitas críticas: por manter um personagem repleto de gírias caipiras ou por insistir na história da menina gordinha que sofre com as tentativas insanas de Cebolinha em derrotá-la. Mas em plenos anos 2000, quando a maior parte dos quadrinhos e desenhos voltados a crianças incitam a violência, Mauricio ainda vence mostrando o bairro do Limoeiro, que está em São Paulo, mas parece tão distante deste tempo quanto os anos 1950, quando ele foi criado.

A visão romântica e inocente deste mundo estende-se até mesmo na revista Turma da Mônica Jovem. Sim, Mônica cresceu e apareceu. Junto a ela, novas responsabilidades, ao dialogar, agora, com os adolescentes.

Há pelo menos quatro gerações, Mônica e seus amigos ensinaram muitos brasileiros a ler. Atravessaram o mundo dos quadrinhos e ganharam a televisão, o cinema e as lojas. E ainda devem permanecer vivos no imaginário popular por muito tempo.

Geração Mônica
Pensando na data comemorativa, o Terra listou alguns dos melhores momentos protagonizados por Mônica e sua turminha. Confira na galeria de fotos, clicando no botão abaixo.

Redação Terra
  1. À frente do seu tempo, Mauricio publicou, em 1971, Os Azuis, história contra a discriminação racial. Nela, Mônica acordava em outra dimensão, onde todos os seus amiguinhos eram azuis, mas ela continuava da sua cor. No entanto, ela sofreu na pele o preconceito  Foto: Reprodução

    À frente do seu tempo, Mauricio publicou, em 1971, Os Azuis, história contra a discriminação racial. Nela, Mônica acordava em outra dimensão, onde todos os seus amiguinhos eram azuis, mas ela continuava da sua cor. No entanto, ela sofreu na pele o preconceito

    Foto: Reprodução

  2. Em 1979, a rede Bandeirantes exibiu No Mundo de Romeu e Julieta, um filme em live-action protagonizado pro Mônica e Cebolinha, filmado em Ouro Preto  Foto: Reprodução

    Em 1979, a rede Bandeirantes exibiu No Mundo de Romeu e Julieta, um filme em live-action protagonizado pro Mônica e Cebolinha, filmado em Ouro Preto

    Foto: Reprodução

  3. Lançado em 1982, As Aventuras da Turma da Mônica foi o primeiro longa-metragem de animação protagonizado pela turminha   Foto: Reprodução

    Lançado em 1982, As Aventuras da Turma da Mônica foi o primeiro longa-metragem de animação protagonizado pela turminha

    Foto: Reprodução

  4. A mais triste história da Turma foi publicada em maio de 1990, quando Chico Bento ganhou uma irmãzinha, que morreria nas mesmas páginas, com uma doença desconhecida. Em 2005, ela volta como uma estrelinha que protege o garoto caipira     Foto: Reprodução

    A mais triste história da Turma foi publicada em maio de 1990, quando Chico Bento ganhou uma irmãzinha, que morreria nas mesmas páginas, com uma doença desconhecida. Em 2005, ela volta como uma estrelinha que protege o garoto caipira

    Foto: Reprodução

  5. Antes da tecnologia 3D conquistar os cinemas, Maurício de Sousa criou as revistas da Mônica no formato, na década de 1990   Foto: Reprodução

    Antes da tecnologia 3D conquistar os cinemas, Maurício de Sousa criou as revistas da Mônica no formato, na década de 1990

    Foto: Reprodução

  6. Mônica chegou aos videogames em 1991, com Mônica e o Castelo do Dragão, para a plataforma Master System, da Sega. O jogo é uma conversão de Wonder Boy, sucesso arcade dos anos 1980  Foto: Reprodução

    Mônica chegou aos videogames em 1991, com Mônica e o Castelo do Dragão, para a plataforma Master System, da Sega. O jogo é uma conversão de Wonder Boy, sucesso arcade dos anos 1980

    Foto: Reprodução

  7. Em 1995, Maurício publicaria o Gibizão, que compilava paródias de filmes de sucesso. O primeiro foi Batmenino Eternamente, onde Cebolinha fazia Batman e Cascão, Robin   Foto: Reprodução

    Em 1995, Maurício publicaria o Gibizão, que compilava paródias de filmes de sucesso. O primeiro foi Batmenino Eternamente, onde Cebolinha fazia Batman e Cascão, Robin

    Foto: Reprodução

  8. Assim como Pelé, em 2006, o jogador brasileiro Ronaldinho Gaúcho também ganharia revista própria, que até hoje é publicada pela Panini. De todos os personagens criados por Maurício, esse é o que mais faz sucesso fora do País  Foto: Reprodução

    Assim como Pelé, em 2006, o jogador brasileiro Ronaldinho Gaúcho também ganharia revista própria, que até hoje é publicada pela Panini. De todos os personagens criados por Maurício, esse é o que mais faz sucesso fora do País

    Foto: Reprodução

  9. Mônica pisou de verdade no século 21 com Uma Aventura no Tempo (2007), filme de animação que não deve nada aos concorrentes gringos  Foto: Reprodução

    Mônica pisou de verdade no século 21 com Uma Aventura no Tempo (2007), filme de animação que não deve nada aos concorrentes gringos

    Foto: Reprodução

  10. Em 1993, o Parque da Mônica, complexo no Shopping Eldorado, abriu suas portas, fazendo a alegria de muitas crianças. Foi fechado em fevereiro de 2010, depois das pressões do shopping em criar lojas no local. Mauricio promete reabri-lo em outro local nos próximos anos  Foto: Reprodução

    Em 1993, o Parque da Mônica, complexo no Shopping Eldorado, abriu suas portas, fazendo a alegria de muitas crianças. Foi fechado em fevereiro de 2010, depois das pressões do shopping em criar lojas no local. Mauricio promete reabri-lo em outro local nos próximos anos

    Foto: Reprodução

  11. Em agosto de 2008, a turma cresceu e ganhou revista própria. Nas aventuras, feitas em estilo mangá (o quadrinho japonês), Mônica e seus amigos já completaram 17 anos e protagonizam conflitos adolescentes  Foto: Reprodução

    Em agosto de 2008, a turma cresceu e ganhou revista própria. Nas aventuras, feitas em estilo mangá (o quadrinho japonês), Mônica e seus amigos já completaram 17 anos e protagonizam conflitos adolescentes

    Foto: Reprodução

  12. O primeiro beijo de Mônica e Cebolinha foi mostrado na edição número 4 da revista Turma da Mônica Jovem. Foram vendidos 400 mil exemplares  Foto: Reprodução

    O primeiro beijo de Mônica e Cebolinha foi mostrado na edição número 4 da revista Turma da Mônica Jovem. Foram vendidos 400 mil exemplares

    Foto: Reprodução

  13. Ícones pop como Michael Jackson, ou Maico Jeca, sempre fizeram parte do universo da Turma da Mônica. Em julho de 2009, com a morte do rei do pop, foi publicada uma revista com as melhores histórias protagonizadas por ele   Foto: Reprodução

    Ícones pop como Michael Jackson, ou "Maico Jeca", sempre fizeram parte do universo da Turma da Mônica. Em julho de 2009, com a morte do rei do pop, foi publicada uma revista com as melhores histórias protagonizadas por ele

    Foto: Reprodução

  14. Em 2009, na revista da Tina, o personagem Caio foi apresentado. Embora não exista qualquer palavra de confirmação, Caio é considerado o primeiro personagem homossexual da turminha   Foto: Reprodução

    Em 2009, na revista da Tina, o personagem Caio foi apresentado. Embora não exista qualquer palavra de confirmação, Caio é considerado o primeiro personagem homossexual da turminha

    Foto: Reprodução

  15. Em comemoração aos 50 anos de carreira de Mauricio, 50 aristas desenharam seus personagens clássicos de diferentes formas. Tais histórias foram publicadas num livro especial em 2009  Foto: Reprodução

    Em comemoração aos 50 anos de carreira de Mauricio, 50 aristas desenharam seus personagens clássicos de diferentes formas. Tais histórias foram publicadas num livro especial em 2009

    Foto: Reprodução

  16. Capa da primeira edição de Mônica, publicada em maio de 1970  Foto: Reprodução

    Capa da primeira edição de Mônica, publicada em maio de 1970

    Foto: Reprodução

/foto/0,,00.html