inclusão de arquivo javascript

 
 

Presos PMs suspeitos de atuar em milícia que teria matado 100 no Rio

27 de agosto de 2009 09h56 atualizado às 15h55

Polícia leva suspeito de participar de milícia. Foto: Anderson Ramos/Especial para Terra

Polícia leva suspeito de participar de milícia
Foto: Anderson Ramos/Especial para Terra

Anderson Ramos

Direto do Rio de Janeiro


Sete policias militares e dois civis suspeitos de integrarem uma milícia que atuaria na Baixada Fluminense (RJ) foram presos em uma operação policial nesta quinta-feira. A polícia acredita que a quadrilha é responsável por mais de 100 homicídios na região.

De acordo com a Polícia Civil, a milícia era responsável pelo transporte alternativo, vendas de gás, comercialização de TV por assinatura e, principalmente, pelo comércio e DVDs piratas, que seriam distribuídos para todo o Estado. Eles teriam ainda exterminado um grupo miliciano rival.

Os PMs foram identificados como Antonio Marcos do Carmo Peixoto; Cesar Sismaide dos Santos, o Chorão; Eduardo Cardoso Livramento, o Dudu; Flávio Cândido da Silva; Juracy Alves Prudêncio, o Jura; Marcelo Anderson de Moraes Loureiro; Sérgio Pereira Reis. A polícia crê que Jura seria o líder dos milicianos. Os dois civis foram identificados como Wlson Pereira Junior, o Didi, e Daniel de Lima Machado, o Cabeção.

O delegado Cláudio Ferraz disse que todos os envolvidos estão sendo indiciados por formação de quadrilha armada. Alguns dos integrantes presos também devem ser indiciados por homicídio. O delegado acredita que, com a prisão de Jura, os índices de homicídios possam cair.

Cerca de 80 policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), com apoio da Corregedoria da Polícia Militar, tentaram cumprir 14 mandados de prisão, sendo nove direcionados a policiais militares, e outros 16 mandados de busca e apreensão.

Segundo a polícia, o sargento da PM estava afastado da corporação, mas comandava a milícia em Belford Roxo, São João de Meriti, Queimados e Nova Iguaçu. Os detidos e o material apreendido serão levados para a Draco.

Com informações do O Dia

Especial para Terra
  1. Suspeito preso na operação é levado para a delegacia, no Rio  Foto: Anderson Ramos/Especial para Terra

    Suspeito preso na operação é levado para a delegacia, no Rio

    Foto: Anderson Ramos/Especial para Terra

  2. Nove suspeitos de participarem da milícia foram presos  Foto: Anderson Ramos/Especial para Terra

    Nove suspeitos de participarem da milícia foram presos

    Foto: Anderson Ramos/Especial para Terra

  3. Os policiais fizeram uma videoconferência para realizar a operação  Foto: Anderson Ramos/Especial para Terra

    Os policiais fizeram uma videoconferência para realizar a operação

    Foto: Anderson Ramos/Especial para Terra

/brasil/foto/0,,00.html