inclusão de arquivo javascript

 
 

Contra 'ingerência política', 12 pedem demissão da Receita

24 de agosto de 2009 19h57 atualizado às 20h53

Laryssa Borges

Direto de Brasília


Em protesto contra o novo comando da Receita Federal, atualmente sob responsabilidade de Otacílio Cartaxo, seis superintendentes e cinco coordenadores, além do subsecretário de Ficalização, pediram demissão nesta segunda-feira. Em carta endereçada a Cartaxo, os servidores relembram a gestão de Lina Vieira, ex-chefe do Fisco que acusa a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, de ter pedido que fossem agilizadas e "encerradas" investigações fiscais contra empresas do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Lina Vieira foi demitida, e seu superior, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, nunca comentou o real motivo de sua exoneração.

Os servidores que pediram demissão explicam que a nova gestão de Cartaxo não deve tolerar "qualquer tipo de ingerência política no órgão" e argumentam que existe "a clara e evidente intenção do Ministério da Fazenda de afastar outros administradores do comando da Receita Federal", "medidas que revelam, sem dúvida, uma clara ruptura com a orientação e as diretrizes que pautavam a gestão anterior".

Nesta manhã, Otacílio Cartaxo havia confirmado as exonerações de Iraneth Weiler, que foi chefe de gabinete de Lina, e de Alberto Amadei Neto, da equipe da ex-secretária. Iraneth foi uma das pessoas que confirmou que a secretária-executiva de Dilma, Erenice Guerra, foi pessoalmente ao Ministério da Fazenda para agendar um encontro entre a chefe e a então secretária da Receita. Teria ocorrido nesta reunião o pedido em favor das empresas da família Sarney.

"Queremos ressaltar que é por lealdade à instituição a que servimos que tomamos esta difícil decisão (de demissão). Não podemos permanecer administradores, detentores de cargos de confiança, quando sabemos que hoje é diverso o contexto político-institucional que nos motivou a assumirmos os postos de gerência em nossa Casa, e que não mais subsiste, de parte a parte, a necessária sintonia que justificaria a nossa permanência na gestão", diz a carta de demissão dos funcionários.

Procurada, a Receita Federal disse que não iria se manifestar sobre os pedidos de exoneração e informou que as demissões só serão concretizadas após publicação no Diário Oficial da União.

Veja quem pediu demissão:
Altamir Dias de Souza Superintendente da RFB na 4ª Região Fiscal
Dão Real Pereira dos Santos Superintendente da RFB na 10ª Região Fiscal
Eugênio Celso Gonçalves Superintendente da RFB na 6ª Região Fiscal
Fátima Maria Gondim Bezerra Farias Coordenadora-Geral da COCIF
Frederico Augusto Gomes de Alencar Coordenador-Geral da COCAJ
Henrique Jorge Freitas da Silva Subsecretário de Fiscalizaçao
José Carlos Sabino Alves Superintendente-Adjunto da RFB na 7ª Região Fiscal
Luis Gonzaga Medeiros Nóbrega Superintendente da RFB na 3ª Região Fiscal
Luiz Sérgio Fonseca Soares Superintendente da RFB na 8ª Região Fiscal
Luiz Tadeu Matosinho Machado Coordenador-Geral da COSIT
Marcelo Lettieri Siqueira Coordenador-Geral da COGET
Rogério Geremia Coodenador-Geral da COFIS

Redação Terra