inclusão de arquivo javascript

 
 

Polícia apreende fuzil antiaéreo em favela no Rio

20 de agosto de 2009 11h46 atualizado às 13h26

Anderson Ramos

Direto de Brasília


Policiais militares apreenderam na manhã desta quinta-feira uma metralhadora antiaérea .30 durante uma operação na favela do Acari, zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com a polícia, a arma tem capacidade de perfurar veículos blindados. Outras armas, drogas e uma farda completa do Batalhão de Operações Especiais (Bope) também foram apreendidos.

Os policiais tinham a informação de que haveria um paiol usado por traficantes, que foi encontrado por homens do 9º Batalhão (Rocha Miranda) na favela. Houve tiroteio no início da operação e, segundo moradores, uma pessoa teria sido atingida por uma bala. A PM não confirma a existência de feridos.

De acordo com o tenente coronel Edivaldo Camilo, comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar, a operação foi deflagrada após a denúncia anônima de um morador que seria vizinho de uma casa usada como paiol por traficantes. Camilo afirmou que, no total, seriam usadas quatro casas para armazenar armas e drogas.

Em uma das casas, os policiais encontraram dois fuzis, uma submetralhadora, granadas e a metralhadora antiaérea. Em outra casa, os policiais encontraram 15 kg de cocaína. O coronel informou também que não houve feridos na operação e que quatro suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas foram presos.

Redação Terra