inclusão de arquivo javascript

 
 

Médico Roger Abdelmassih é preso em São Paulo

17 de agosto de 2009 16h28 atualizado às 17h43

Médico das celebridades é preso em São Paulo

O juiz Bruno Paes Stranforini, da 16ª Vara Criminal da capital decretou nesta segunda-feira a prisão preventiva do médico Roger Abdelmassih, considerado um dos maiores especialistas de fertilização in vitro do Brasil. Pelo menos 60 mulheres disseram ter sido vítimas de abusos durante consultas com o médico. Segundo a Polícia Civil, o médico foi levado para a 1ª Delegacia Seccional.

O Tribunal de Justiça de São Paulo não informa detalhes da prisão, porque o processo corre em sigilo. A denúncia oferecida pelo Ministério Público de São Paulo contra o médico foi recebida pela Justiça, tendo sido instaurado processo criminal.

A primeira denúncia do caso ao Ministério Público ocorreu em abril de 2008 e partiu de uma ex-funcionária do médico. Depois disso, diversas mulheres com idades entre 30 e 40 anos que seriam pacientes de Abdelmassih procuraram a polícia para denunciá-lo.

Procurada, a assessoria de Roger Abdelmassih disse que ainda não tem conhecimento da prisão. Abdelmassih nega as acusações. Em janeiro, o médico disse em nota que os depoimentos das denunciantes são duvidosos e tem intuito de "denegrir" sua "imagem profissional".

Redação Terra