inclusão de arquivo javascript

 
 

Manifestantes tentam entregar 11 pizzas a Paulo Duque

11 de agosto de 2009 16h49 atualizado às 22h23

Manifestantes tentam entregar pizzas no Senado

Elaine Lina

Direto de Brasília


Um grupo de manifestantes tentou entregar 11 caixas de pizza para o presidente do Conselho de Ética do Senado, senador Paulo Duque (PMDB-RJ), cada uma representado uma denúncia contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP).

Eles foram impedidos de entrar no gabinete de Duque pelos seguranças da Casa e decidiram deixar as pizzas empilhadas na Chapelaria do Congresso Nacional, acesso usado pelos senadores. As pizzas foram recolhidas pela equipe de limpeza.

Duque arquivou 11 representações contra o presidente da casa José Sarney (PMDB-AP) por falta de provas. O senador assumiu o cargo em 2007, depois que o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, o senador eleito, empossou Regis Fichtner como secretário do Gabinete Civil no Rio de Janeiro. Ao presidir a Comissão de Ética em um dos momentos mais turbulentos da história do Senado, Duque tornou-se centro das atenções políticas no Brasil.

Sarney enfrenta uma série de denúncias de irregularidades no cargo, entre elas de participação no caso de atos administrativos não publicados, conhecidos como atos secretos. Hoje, ele afirmou que foi atropelado por uma luta política que se desdobrou nos últimos meses, a qual seria consequência da sua influência na sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Redação Terra