inclusão de arquivo javascript

 
 

Atleta do Flu é preso suspeito de assaltar ex-jogador Branco

29 de julho de 2009 17h03 atualizado às 18h05

Anderson Ramos

Direto do Rio de Janeiro


Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas, no bairro da Pavuna, zona norte do Rio de Janeiro, prenderam uma suposta quadrilha que teria roubado o ex-jogador de futebol Branco. André Luís Valério da Silva, atleta profissional de tiro esportivo do Fluminense, José Fabiano Bron Santiago e Bruno Elias Barbosa foram presos em casa suspeitos pelo crime.

O ex-jogador, que foi tetracampeão mundial com a Seleção Brasileira em 1994, foi assaltado na tarde do dia 16 na saída de uma agência bancária, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Os bandidos fugiram levando R$ 65 mil.

Segundo a polícia, o primeiro suspeito foi encontrado na Pavuna e estava com um revólver. Já Barbosa, de acordo com a corporação, foi preso no bairro de Brás de Pina com um carregador para pistola.

O atleta já foi preso em 2003 suspeito de assalto a mão armada. Os outros dois também foram presos suspeitos de assalto em 2006.

De acordo com o delegado titular, Deoclécio Francisco de Assis, a polícia vai investigar se há envolvimento de funcionários do Fluminense no assalto, que teriam informado os dias que Branco costuma carregar grande quantidade de dinheiro. O jogador já foi dirigente do clube.

Ainda de acordo com o delegado, Branco está na Região Sul e vai ao Rio na semana quem vem para reconhecer os suspeitos. A polícia ainda procura uma quarta pessoa que participou do assalto.

Redação Terra