inclusão de arquivo javascript

 
 

Senadora Roseana Sarney descobre aneurisma

27 de novembro de 2008 04h11

Mais uma vez, a saúde está colocando a senadora Roseana Sarney (PMDB-MA) à prova. A filha do ex-presidente e senador José Sarney (PMDB-AP) vai tirar licença médica na próxima semana para tratar de um aneurisma cerebral descoberto após um check-up realizado há 10 dias, em São Paulo. Roseana vai se afastar do Senado para se preparar para cirurgia a que será submetida em fevereiro, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O hospital é considerado referência em medicina de excelência.

» Leia mais notícias do jornal O Dia

Aneurisma é a dilatação anormal de uma artéria. Se ela se rompe, a pessoa pode morrer. A senadora só deve voltar ao Congresso temporariamente no fim de janeiro, para provavelmente votar em seu pai para presidente do Senado.

Será a vigésima cirurgia de Roseana. Ela foi operada pela primeira vez em 1973, aos 19 anos, quando removeu o apêndice e um cisto no ovário. Em 1977 e 1979, tentando engravidar, ela passou por mais duas cirurgias de ovário. Este ano, ao cair de patinete onde brincava com um neto, Roseana quebrou o pulso da mão direita e teve de ser operada para instalar pinos. Depois ela voltou à mesa de cirurgia para retirada dos pinos. Segundo assessores, a senadora do PMDB já até foi desenganada pelos médicos por duas vezes: em uma delas, teria chegado a receber a extrema-unção.

No check-up mais recente, Roseana também retirou uma pinta próxima ao nariz que foi considerada suspeita. O material foi enviado para biópsia. A senadora levou 12 pontos no local.

Durante o período de preparação para a cirurgia, Roseana não pode pegar peso nem se estressar. Segundo assessores, ela parou de fumar terça-feira da semana passada para facilitar a preparação pré-operatória.

O Dia
O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.