inclusão de arquivo javascript

 
 

Lula deve discutir processo de paz no Oriente Médio

23 de julho de 2008 19h58

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve discutir com o primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, e com o líder palestino Mahmoud Abbas o processo de negociação de paz no Oriente Médio. O encontro deve ocorrer em outubro, quando Lula irá visitar Índia, Arábia Saudita, Israel e Palestina.

» Opine sobre a viagem de Lula
» vc repórter: mande fotos e notícias

Em dezembro, Lula já havia proposto oficialmente ao secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, a criação de uma espécie de estrutura paralela ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) que funcionaria como um mediador de situações de tensão ao redor do mundo. O grupo de atuação não teria uma estrutura fixa, mas poderia ser acionado em caso de conflitos ou iminência de rompimento de relações diplomáticas.

Na conversa com o secretário-geral da ONU naquela ocasião, Lula apontou Brasil, África do Sul e Índia como nações que, pelas relações cordiais que mantêm com Israel, poderiam ser mediadores do processo de paz.

Nesta quarta-feira, Lula recebeu no Palácio do Planalto o chefe da Delegação Palestina no Brasil, Ibrahim Al-Zeben, que pediu a Lula que atuasse como um dos mediadores na região. Oficialmente, o Brasil já tem procurado se aproximar de Israel e Palestina, ampliando as relações comerciais e abrindo embaixadas nos dois territórios.

Redação Terra