inclusão de arquivo javascript

 
 

vc repóter: ONG protesta contra infanticídio indígena

19 de julho de 2008 11h46 atualizado às 11h50

Em Belo Horizonte, o protesto ocorreu na praça Sete de Setembro, na última quinta-feira. Foto: Bruno Mancinelle/vc repórter

Em Belo Horizonte, o protesto ocorreu na praça Sete de Setembro, na última quinta-feira
Foto: Bruno Mancinelle/vc repórter

Um protesto organizado pela Organização Não-Governamental (ONG) Atini - Voz Pela Vida reuniu cerca de 400 pessoas em dez Estados do Brasil para protestar contra o "infanticídio indígena". Em Belo Horizonte (MG), a manifestação ocorreu na praça Sete de Setembro, na última quinta-feira. Os manifestantes usaram roupas pretas e carregaram cruzes de madeira e cartazes.

» Veja mais fotos do protesto
» vc repórter: mande fotos e notícias

Segundo a organização do evento, cerca de 640 crianças morrem por ano no País por falta de atendimento médico nas aldeias. A luta da ONG é pela aprovação do projeto de lei 1057/2007 - Muwaji.

De acordo com o deputado Henrique Afonso (PT-AC), autor do projeto, a lei garantiria os direitos humanos e o combate ao homicídio, aos maus-tratos e ao abuso sexual dentro das aldeias.

O internauta Bruno Mancinelle, de Belo Horizonte (MG), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
vc repórter