inclusão de arquivo javascript

 
 

Brasil registra 11% dos homicídios no mundo

28 de abril de 2004 14h58

O representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Carlos Lopes disse que, apesar de o Brasil representar apenas 2,8% da população mundial, o país registra 11% dos homicídios em todo o planeta. "E os números continuam a aumentar" declarou durante a abertura do Seminário Internacional de Armas, no Hotel Intercontinental, em São Conrado, na zona sul do Rio.

O representante da ONU informou que, no Brasil, 40 mil pessoas são mortas anualmente com o uso de armas de fogo. "Este número é superior ao das vítimas da guerra do Iraque. Portanto, num país que está em paz é difícil conceber que haja tantas mortes resultantes da utilização indevida das armas", afirmou.

Ainda segundo Carlos Lopes, os números da ONU revelam que o setor privado gasta mais de R$ 70 bilhões por ano com a chamada indústria do medo, o que faz com que muitos investimentos deixem de ser feitos na área social para sem aplicados na segurança.

Agência Brasil